Vic: uma cidade cheia de encanto medieval

casas-vic

Vic é uma cidade medieval que fica a 69km de Barcelona. A grande atração do lugar é o centro histórico, por onde passaram romanos, visigodos, mouros e francos. A cidade é a capital da comarca de Osona e é famosa pelos seus embutidos e pela feira medieval, que acontece no começo de dezembro.

A partir de Barcelona é possível chegar na cidade em trem e de carro. Um dia em Vic é suficiente para conhecer a cidade e seus encantos. Sendo assim você pode optar em fazer um bate e volta ou mesmo ficar uns dias para conhecer a região. A comarca de Osona tem uma natureza muito bonita, ofertas de turismo rural e até vôo em balões. Eu passei só um dia em Vic no mês de dezembro. Ah, se você não curte frio, fuja de Vic no inverno. A cidade também é famosa por sua neblina que, em alguns momentos, provoca uma inversão térmica que gera mínimas de -10ºC.

O povo de Vic é super independentista e é muito comum ver a bandeira estelada pendurada em janelas e sacadas.

vic2

Um pouco de história:

O termo Vic vem do latim vicus, que significa bairro ou aglomeração. A região foi habitada por um povo ibérico e depois chegaram os romanos. Com os romanos Vic se tornou uma cidade tributária e chegou a ser um município. Com a queda do Império Romano, a cidade foi invadida pelos visigodos sendo sede episcopal. Durante o período medieval a cidade esteve dividida em dois: sob la jurisdição do bispo, que depois passou para o Rei, e dos senhores do castelo os Montcada. Em 1450, a cidade foi unificada pelo rei Afonso, o magnánimo.

O que ver: 

Plaza Mayor: A praça central de Vic é com certeza um dos lugares mais bonitos da cidade. A praça está rodeada de prédios medievais que fazem com que a gente se sinta dentro de uma filme de época. Cada terça e sábado, nesta praça, se instala a feira semanal que vende produtos da região. Esta feira se instala neste lugar desde o século IX, muito antes que os prédios fossem construídos.

plaza_mayor_vic

praçamaiorvic

Templo Romano: Para mim foi uma surpresa quando soube que em Vic tinha um templo romano. Afinal, eu sempre tinha associado a cidade a idade média. Ele foi construído no século II d.c. e se desconhece o seu uso. É possível que o seu uso fosse de culto imperial. O templo esteve escondido, durante muitos séculos, dentro do castelo dos Montcada, construído no final do século XI. O templo vai ser recuperado em 1882 quando o antigo castelo foi derrubado. Só por curiosidade: o prédio, onde estava o templo, além de castelo foi casa do verguer, curia real, celeiro e prisão.

Horário: terça a sábado de 11h às 13h e de 18h às 20h. Domingo e feriados de 18 às 20h. Segunda fechado. Entrada gratuita.templo_romano_vic

Catedral: Na parte baixa da cidade, perto do rio, foi construida no século XI a catedral de São Pedro Apóstolo. A igreja vai do estilo românico ao neoclássico. O campanário é românico, o claustro e o retábulo são de estilo gótico e capela de São Bernado é barroca. De 1781 a 1803 a catedral vai ser ampliada e reformada o estilo incorporado será o neoclássico.

Aberta todos os dias das 10h às 13h e das 16h às 19h. Entrada gratuita.

catedral_Vic

Ponte Queralt: é uma ponte de estilo românico, edificada no século XI, sobre o rio Mèder. A ponte está no caminho que levava a Barcelona, que seguia o traçado de uma estrada romana. O nome da ponte vem do nome da porta da muralha medieval que estava na mesma área da ponte.

puente-queralt

Museu episcopal: reúne uma das melhores coleções de obras românicas e góticas do mundo.

Horário: terça a sexta das 10h às 19h (de abril a setembro), terça a sexta das 10h às 13h e de 15h às 18h (de outubro a março), Sábados de 10h às 19h e domingos e feriados de 10h às 14h. Entrada 7 euros.

Caminhar pelas ruas: Se você quer ver a Vic medieval vai ter que caminhar pela cidade e se perder pelas ruelas.

Casas modernistas: Vic tem algumas casas modernistas perdidas pelo seu centro histórico e são super bonitas.

vic

casa-modernista-vic

Quando ir:

No começo de dezembro quando acontece a feira medieval. Este evento é uma das grandes atrações da cidade. Vic é uma cidade para ser visitada todo o ano. Durante o natal ela fica toda enfeitada.

Como chegar:

De trem: Renfe Rodalias. Pegar o trem nas estações de Plaza Cataluña ou Sants Estaciò, trem linha R3 em direção a Vic, Ripoll, Puigcerdà o La Tour de Carol (todos param em Vic). A viagem dura 1h20 mais ou menos. E a passagem ida e volta sai por uns 12 euros.

De ônibus: Empresa Sagalés – Calle Casp, 34.

De carro: estrada C-17.

Comments
  1. Avatar3 anos ago
  2. Avatar3 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *