Um dia no bairro de Gràcia

Torre do relógio – Praça de Vila de Gràcia

Barcelona tem muitos bairros a serem explorados. Cada um com um encanto diferentes. Neste post você encontra uma proposta de passeio de um dia no bairro de Gràcia, um lugar de muito charme, boêmia, arte e cultura.

Antes de mais nada, é legal saber que Gràcia foi um município independente até o final do século XIX. Em 1897, foi anexado a Barcelona e passou a ser um bairro a mais da cidade.

Atualmente, Gràcia é um dos bairros mais charmosos de Barcelona, com gente de todo lugar do mundo e com muitos bares e restaurantes. Os moradores tem um perfil jovem, familiar e com uma consciência política, social e ecológica.

Uma das grandes atrações do bairro, sem dúvida, é a famosa festa de Gràcia. Definitivamente, é a melhor festa de bairro de Barcelona. As ruas são decoradas pelos moradores, que concorrem ao prêmio da rua mais bonita. Durante o dia, as pessoas passeiam pelo bairro para ver a decoração. Já pela noite rola uma programação musical bem variada.

O que fazer no bairro de Gràcia:

Vamos começar nosso passeio pelas praças do bairro. São muitas as praças que podem ser visitadas, no entanto, existem algumas que são imperdíveis.

A plaça do Diamante tem vários bares para sentar e apreciar o movimento. Mas além disto, esta praça esconde um segredo. No subsolo tem um refúgio subterrâneo, onde os morados do bairro se protegiam dos ataques aéreos durante a Guerra Civil Espanhola. Para saber mais sobre este refúgio e como visitá-lo veja este post: Escondidos debaixo da terra: refúgios da Guerra Civil Espanhola.

Plaza Diamante

Outra praça muito conhecida no bairro é a do Sol, com muitos bares e restaurantes frequentados, principalmente, pela noite.

Praça do Sol

A plaça de la Virreina é outra belezinha do bairro. Nesta praça está a linda igreja de San Joan, onde Gaudí parava para rezar quando ia da sua casa, no Parque Güell, para a Sagrada Família. Dizem que dentro da igreja tem um trabalho em mosaico de Gaudí.

Plaza Virreina

Igualmente imperdível é a plaça de la vila de Gràcia, onde ficava a prefeitura do município de Gràcia. Nesta praça acontecem as apresentação dos Castellers, as famosas torres humanas, e também tem muitos bares e restaurante. No centro da praça está a torre do relógio.

Praça Vila de Gràcia

Seguimos nosso passeio pelas ruas do bairro, que são muito charmosas! É muito provável que Verdi seja a mais conhecida. Nesta rua você encontra restaurantes de diferentes lugares do mundo, livrarias, lojas de roupas e o famoso Cines Verdi – o único da cidade onde os filmes tem versão original.

Calle Verdi

Outra rua supreendente é a Guilleries com portas de garagens e paredes pintas com grafites maravilhosos. Aqui é um ótimo lugar para fazer umas fotinhos.

Grafites calle Gulleries

A propósito, você não poderá deixar de ir a rua Carolines onde se encontra a primeira obra privada construída por Gaudí. Neste rua, está a Casa Vicens construída para ser a residência de verão da família Vicens.

Já que estamos falando de Gaudí, o famoso Park Güell fica no bairro de Gràcia. Então, quando você for visitar o parque pode descer a pé pelo bairro e ir se perdendo pelas ruas.

No bairro de Gràcia, ainda é possível encontrar uma outra interessante construção de estilo modernista: Hotel Fuster. Este edifício foi construído, pelo arquiteto Domènec i Montaner, para o político e empresário Mariano Fuster. O hotel fica na esquina da rua Gran de Gràcia, uma das principais vias do bairro.

Hotel Fuster

Gràcia é um lugar bem alternativo, sendo assim tem muitas lojinhas interessantes e fora do padrão para conhecer. Caminhando pelo bairro fique atento ao comércio que oferece produtos naturais, ecológicos e de diferentes partes do mundo.

Depois de tanto caminhar descobrindo os encantos de Gràcia, eu recomendo uma paradinha para um respiro. Agora seria um bom momento para conhecer os bares e restaurantes de Gràcia.

Você poderia, por exemplo, tomar um chocolate quente com churros na La Nena, a mais famosa “granja” do bairro, que fica na rua Ramón y Cajal, 36. Porém, se estiver fazendo calor, dê uma chegadinha na sorveteria Parallelo, que fica na rua Sèneca, 18. Se for a hora do almoço ou do jantar, não fique na dúvida e vá até o restaurante Nou Candanchu, que tem o melhor arroz negro de Barcelona (Plaça de la Vila de Gràcia, 9).

Para chegar em Gràcia pegue o metro L3 (Linha verde) e desça na estação Fontana. Também se pode chegar a pé ao bairro caminhando pelo Passeio de Gràcia em direção a av. Diagonal.

Gostou deste post?

Salve no Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *