Roteiro imperdível por 4 cidades medievais da Costa Brava

Monells

Monells

O interior da Costa Brava é povoado de cidades medievais espetaculares que encantam sem muito esforço. Cidades onde o passado está impresso em casas de pedras, igrejas góticas, castelos e torres de muralhas.

Cada cidade tem uma história para contar. Algumas foram moradas de nobres, outras surgiram como paradas de rotas comerciais e outras para defender o território de piratas. Caminhar por suas ruas de pedra é como folhear um livro de história da Catalunha.

É possível conhecer mais de uma cidade em um dia ou mesmo em uma parte do dia. Se você estiver de férias em alguma praia do litoral da Costa Brava, aproveite a tarde para conhecer as cidades medievais.

Você vai precisar de uma carro para fazer o roteiro proposto neste post, pois, infelizmente, não tem como visitá-las com transporte público. Um carro dá mais liberdade e a possibilidade de visitar mais de uma em um dia, pois são pequenas e não gastamos mais de 1 hora para conhecê-las.

praça-peratallada

Quando vou a Costa Brava, com meu marido, sempre vamos a uma praia pela manhã, e a tarde visitamos um vilarejo medieval no caminho. Desta forma vamos curtindo as duas coisas.

Minha base na Costa Brava é uma cidade que fica a 10 minutos de carro de Lloret de Mar e a partir dela posso visitar cidades e também praias. A maioria entre 50 minutos ou 1 hora de distância de onde estou. Digo isto para você saber que as distância por aqui não são como o Brasil.

Se você pretende ter uma cidade base para este passeio, recomendo: Lloret de Mar, Tossa de Mar, Blanes, Platja d`Aro ou Roses. São cidades grandes e com boa oferta hoteleira.

Roteiro:

Eu selecionei quatro cidades a serem visitadas. As coloquei no post na ordem geográfica do litoral para o interior da Costa Brava.

No mesmo dia você pode visitar: Pals e Peratallada, que ficam a 15 minutos em carro uma da outra.

Em um outro dia você pode visitar Monells e Madremanya que estão a apenas 7 minutos de carro uma da outra.

Cidades medievais:

Pals:

pals2

Esta cidade é considerada uma das mais encantadores da  Catalunha e visitá-la é um verdadeiro prazer. Cada rua, cada casa, cada esquina formam um conjunto arquitetônico difícil de esquecer. A beleza desta cidade é tanta que não dá vontade de ir embora.

pals-catalunha

A cidade cresceu em volta do castelo, uma fortificação militar que a protegia de ataques de piratas. O conjunto histórico é formado pelo castelo, muralha e vila. Aqui você tem que caminhar sem medo de se perder, entrando pelas ruas, atravesando lojas e observando cada detalhe.

ruapals

Existem 3 coisas imperdíveis em Pals, além da própria cidade: a torre das horas, a igreja, a praça maior e o mirante Josep Pla.

A praça maior é a primeira coisa que vemos ao chegar na cidade. Ela está fora das antigas muralhas, diante da porta principal que dá acesso a cidade. Na frente da casa da vila, ou prefeitura, tem uma esplanada onde acontecia o mercado medieval.

Praça maior de Pals

Praça maior de Pals

Entre pela porta da muralha e comece a desbravar a cidade como um antigo pirata. Suba até o alto da cidade e veja as vistas espetaculares da região no mirador Josep Pla, nome do escritor de Palafrugell que frequentava a cidade. A partir deste mirante é possível ver o mar, Ilhas Medas, Montgrí Massif, Canigó e a Serra de l’Albera.

Comece a descer e vá a torre das horas, torre de les hores em catalão, que é a única parte conservada do antigo castelo. O mesmo foi derrubado, por autorização do rei, depois da guerra civil catalana do século XV. As pedras foram usadas para reforçar a muralha e reformar a igreja.

Torre de les hores

Torre de les hores

No lado contrário da torre está a igreja de Sant Pere, dedicada a São Pedro. A mesma tem mais de 1000 anos e diferentes estilos arquitetônicos, prevalecendo o românico e o gótico.

igreja-pals

Peratallada:

peratallada

Com certeza, Peratallada está na lista das cidade mais lindas da Catalunha. A mesma foi declarada conjunto histórico-artístico pelo ministério da cultura espanhol por ser um dos núcleos medievais mais bem conservados da Catalunha.

castelo-peratallada

Mais uma vez, a visita consiste em caminhar por entre ruas e edifícios observando a beleza do conjunto arquitetônico. Vale dizer que o encanto da cidade não está só nas casas e ruas de pedras, mas também nas flores e nos pequenos detalhes.

calle-peratallada

Quem ama gatos vai se apaixonar pela cidade, pois tem muitos gatinhos pelas ruas dando um certo charme ao lugar. Bom, eu adoro cidades medievais onde gatos e cachorros circulam livremente.

peratallada-gatos

Assim como Pals, Peratallada também tinha um castelo e uma muralha. Porém pouca coisa sobrou da mesma. O único vestígio do castelo é a Torre de L’Homenatge, que vemos ao fundo na foto abaixo.

torre-peratallada

Monells:

entradamonells

Monells se tornou famosa depois de ser o cenário do filme Oito sobrenomes catalães ou Ocho apelidos catalanes.

Cena do filme.

Cena do filme.

Amaia, protagonista dos Oito Apelidos Bascos, vai a Catalunha para casar-se com Pau, neto de uma independentistas. Para que a avó se sinta feliz, Pau mente que a Catalunha é um novo país e a cidade é toda decorada com as bandeiras independentistas para o casamento. A cidade fictícia é Monells e boa parte do filme se desenvolve na praça principal do vilarejo.

Praça principal do vilarejo.

Praça principal do vilarejo.

O grande atrativo deste pequeno vilarejo é a praça principal e as ruas com os pórticos. Portanto, caminhe pela cidade apreciando a fofura do lugar. Apesar de pequena, tinha muita gente visitando-a. Deve ser por causa da fama adquirida com o filme.

monells

Madremanya:

madremanya2

Esta cidadezinha conheci por acaso a caminho de Púbol. Ela fica a 7 minutos de Monells e só tem 219 moradores. Fomos na hora da siesta e não tinha ninguém pelas ruas, só um gato que nos seguiu por todo o vilarejo. Olha os gatos ai de novo!

madremanya

Madremanya é muito pequena, mas bem lindinha. Não tem nenhuma construção especifica para ver. A única coisa a fazer é caminhar pelas ruas, entre as casas e desfrutar do encanto. isto sim, encanto é o que não falta.

Comments
  1. Avatar1 ano ago
  2. Avatar1 ano ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *