O que fazer em Sevilha: os 16 melhores programas

praça-espanha-sevilha4

O que fazer em Sevilha? É uma pergunta bem normal quando estamos organizando uma viagem.

Sevilha é uma das cidades mais lindas do sul da Espanha e merece muito que você fique por lá entre 2 e 3 dias. Existe muita coisa para ver por lá. Acredite!

Eu selecionei 16 coisas para fazer em Sevilha. Atividades imperdíveis e bem divertidas para curtir a cidade.

1.Visitar o Alcázar real de Sevilha:

real-alcazar-servilha

Este é um dos imperdíveis de Sevilha. Nem pense em não entrar.

Atualmente é considerado o palácio real em uso mais antigo do mundo, pois é residência da família real espanhola quando esta vai a Sevilha. Mas parece, segundo a guia, que faz muitos anos que a família não pinta por lá.

Fofoca a parte, o lugar é um complexo palaciano muito interessante com diferentes tipos de arquitetura. Conta com um estilo mudéjar (arquitetura árabe em solo cristão), recintos góticos, renascentista e barroco.

O palácio tem vários jardins de estilo romântico. Inclusive tem uma fonte de água órgano, que é uma das poucas do mundo. Vale lembrar que foi nos lindos jardins do Alcázar que o reino de Dorne, da série Games of Thrones, foi filmado.

jardim-real-alcazar-sevilha

O palácio foi construído sobre um edifício romano, que depois virou uma igreja paleocristiana, foi palácio de mouros e, quando Sevilha foi conquista dos mouros, em 1248, virou palácio dos reis cristãos.

Entrada: 12, 50 euros por pessoa

2. Catedral + torre la Giralda:

catedral-sevilha

A Catedral de Sevilha impressiona pela sua beleza, história e pelos seus números.

Ela é o maior templo gótico do mundo com 30 m de altura, 126 m de comprimento e 82 m de largura. Também é a terceira maior igreja do mundo depois do Vaticano e da N. Sra. Aparecida de São Paulo. Na igreja ainda encontramos o maior retábulo gótico do mundo feito no século XV.

A catedral foi construída em cima de uma mesquita do século XII. A parte gótica foi construída depois do terremoto de 1357. Curiosidade: Diferente de muitas igrejas cristãs, a catedral de Sevilha não tem forma de cruz.

Na igreja estão enterrados Cristovão Colombo, o filho do navegador e alguns reis e rainhas. Entre eles São Fernando, o rei que conquistou Sevilha dos mouros.

tumulo-colombro-sevilha

A Giralda, no tempo dos mouros, era um minarete. Ou seja, uma torre de onde o muezin chamava os muçulmanos para a oração. Com a conversão da mesquita em igreja católica, a Giralda passou a ser o campanário.

giralda-sevilha

A torre tem 96 m de altura. Para chegar no topo é preciso subir 34 rampas e 17 degraus. Do topo da Giralda se tem uma vista bem linda da cidade de Sevilha, dos telhados da igreja e do pátio de laranjas também da igreja.

Vista de Sevilha do alto da Giralda

Vista de Sevilha do alto da Giralda

O nome Giralda vem da estátua que está no alto da torre, uma deusa Atenea grávida com atributos cristianos.

Entrada na catedral + subida a Giralda: 10 euros por pessoa

3. Ver o pôr do sol no alto das Las Setas:

las-setas-sevilha

As setas de Sevilha, também são conhecidas como Metropol Parasol, é a maior estrutura de madeira do mundo. Foi construída pelo arquiteto alemão Jürgen Mayer.

É possível subir no topo desta estrutura e caminhar entre as passarelas. Do alto se tem uma vista linda de Sevilha e um pôr do sol incrível. Termine o dia de passeio aqui.

por-do-sol-setas

Entrada: 5 euros por pessoa.

4. Visitar o Antiquarium:

A construção das Setas deixou a vista um sitio arqueológico com ruínas romanas do tempo de Tiberio (30 d.c) e uma casa islâmica dos séculos XII e XIII.

A visita é bem legal e interessante, sendo uma oportunidade para conhecer o passado romano de Sevilha. O sitio arqueológico se encontra no subsolo do Metropol Parasol.

Entrada: 2 euros por pessoa.

5. Passear na plaza España:

praça-espanha-sevilha

Um dos lugares mais lindos de Sevilha.

A praça está localizada no parque Maria Luisa. Foi construída para exposição ibero-americana de 1929. Ela tem forma semi-circular representando um abraço da Espanha a sua antigas colônias americanas.

A principal atração da praça são uns bancos com os nomes das principais cidades espanholas. Também tem um canal, onde se pode passear com um barquinho a remo.

o-que-fazer-em-sevilha

6. Parque de Maria Luisa:

Sevilha tem muitos parque para visitar. O Maria Luisa é um deles e fica bem no coração da cidade antiga. Como vc vai visitar a Plaza España que fica nele, aproveite para dar uma caminhada pelo parque e desfrutar das belezas naturais da região.

7. Torre del Oro:

Construída para ser um torre de vigilância pelos mouros no século XIII. Servia para impedir possíveis invasões da cidade pelo rio Guadalquivir.

Está localizada a beira do rio Guadalquivir.

8. Visitar a Reitoria da Universidade de Sevilha:

universidade-sevilha

O prédio da atual universidade de Sevilha, foi a sede da Real Fábrica de Tabacos da Espanha. Vale a pena a visitação não só pela história, mas também pela beleza da construção.

O edifício é do século XVIII, construído em pedra, e de estilo Renascentista-medieval e barroco. Nele se fabricava tabaco em pó, muito consumido na época e que depois era usado para fazer cigarros.

Funcionou como fábrica até 1950, quando foi transferida para o bairro dos remédios, e passou a ser a sede da universidade de Sevilha.

9. Andar de bike:

Sevilha está a beira do rio Guadalquivir, um dos maiores rios da Espanha. Um passeio legal é alugar uma bike e passear pela orla do rio.

10. Passear no bairro de Santa Cruz:

IMG_6784

Passeio obrigatório em Sevilha é andar pelas ruas do bairro de Santa Cruz. O nome é uma referência a três cruzes que estão em uma pracinha.

Antigamente, o bairro era a juderia da cidade. Caminhar por este bairro é uma aventura e uma diversão, já que as ruas são super estreitas. Estreitas de um jeito que nunca vi.

11. Visitar a Plaza de Toros:

Eu estou super em contra das touradas e, infelizmente, em Sevilha este tipo de atividade ainda acontece.

A praça de touros da cidade, conhecida como Real Maestranza, é um ponto turístico.

Eu não fui e só coloco aqui, porque tem gente que pode se interesse em visitar este lugar ou mesmo assistir uma tourada.

12. Assistir um show de flamenco:

flamenco-sevilha

Sevilha respira flamenco. É só andar pelas ruas do bairro da Santa Cruz para encontrar um monte de lojas que vendem vestidos e acessórios flamencos.

Em Sevilha tem flamenco para turistas e também autêntico.

Indico para vocês 4 lugares para ver flamenco:

Plaza España: Um dos lugares onde vi um flamenco muito bonito e autêntico foi na plaza España. Aqui bailarinos e cantores cantam e dançam para os turistas em troca de alguma gorjeta.

Casa Anselma: Este é um dos lugares mais autênticos de Sevilha. O lugar é frequentado por turistas e locais. Aqui não tem um show ensaiado e sim espontâneo. O melhor exemplo para entender este lugar é: pense em uma roda de samba! Agora tira o samba e coloca o flamenco! Pronto … isto é o lugar! Um boteco com um tablao flamenco autêntico e espontâneo.

O lugar abre às 23:45. Entrada gratuita, mas é OBRIGATÓRIO reservar pelo telefone: +34 606 16 25 02. (eu não consegui ir porque já não tinha vaga).

Endereço: Calle Pagés del corro, 49.

La Carbonera: Este bar é conhecido por ter a melhor sangria de Sevilha e também um dos flamenco mais autêntico da cidade.

O bar abre às 20h e tem sessões de flamenco com dança e cantores. Quando fui era uma mulher dançando e vários homens cantando e só um violão. Foi bem lindo!

A entrada é grátis e você só tem que beber ou comer algo. Eles oferecem tapas. Portanto, você pode ir jantar lá. Mas, já aviso, tudo é muito simples.

Endereço: calle Levíes, 18.

Museo del Flamenco: Aqui oferecem um espetáculo de flamenco com bailarinos e músicos profissionais. Se você quiser algo mais arrumadinho e ensaiado vá ao museu do flamenco.

Endereço: Calle Manuel Rojas Marcos, 3

13. Fazer um tour guiado pela catedral + Alcázar + Giralda:

Eu fiz um tour guiado por estes três lugares é foi maravilhoso. Primeiro porque otimizou muito o meu tempo, segundo porque as guias eram maravilhosas e explicaram tudo muito bem e com detalhes.

A vantagem de um tour guiado é que você aprende muito sobre o lugar e não perde os detalhes. Por exemplo, o palácio do Alcázar tem muita informação arquitetônica e histórica que você só sabe com uma guia.

Eu fiz o tour a convite da Musement e adorei muito. Por isto recomendo! Você pode comprar o tour guiado pela catedral, Giralda e Alcázar clicando aqui: Musement Sevilha.

14. Passear e comer na calle Betis:

A calle/rua Betis fica no bairro da Triana, do outro lado do rio. É uma rua bonitinha, com casinhas coloridas, com vistas para a torre del Oro e para o rio.

A rua está cheia de bares e restaurantes e é o lugar perfeito para comer tapas e encontrar gente simpática de Sevilha.

15. Comer Chocolate com churros:

churros-chocolate- sevilha

Chocolate com churros é um café da manhã muito tradicional na Espanha, principalmente no sul. Vale a pena você reservar uma manhã para saborear esta gostosura.

Eu provei no Bar do Comércio que fica perto da Plaza del Salvador.

Endereço: Calle Lineros, 9.

16. Tomar uma Cruz Campo:

cruzcampos

Se tem uma coisa que os sevilhianos gostam é de uma cerveja gelada. O que vimos de gente tomando um loira não está no gibi.

Então em Sevilha, faça como os sevilhianos e tome uma deliciosa Cruz Campo. Esta cerveja está fabricada no sul da Espanha.

Gostou do post o que fazer em Sevilha? Espero que ele te ajude a organizar a viagem e a curtir muito a cidade.

Siga organizando sua viagem aqui_

RESERVE UM HOTEL EM SEVILHA ATRAVÉS DO BOOKING.COM

LEIA TAMBÉM O POST: DICAS PRÁTICAS DE SEVILHA

SALVE ESTA DICA NO PINTEREST:

O-QUE-FAZER-EM-SEVILHA

Comments
  1. Avatar2 meses ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *