Girona: o que fazer e o que ver!

casas-rio-onyar

Girona é uma daquelas cidades que a gente gostaria de ver quando vem à Europa. Uma cidade medieval, com ruas estreitas, muralha e igrejas gótica. Para melhorar a coisa, Girona também tem um ar de Florença, fazendo com que a gente viva um pouco da Itália na Espanha.

A poucos kilometros de Barcelona e de acesso fácil, é perfeita para um bate e volta partindo de Barcelona. Em um dia é possível ver todos os encantos de Girona.

Como chegar?

Da Estação de Sants saem trens a cada hora. Você pode pegar o trem bala (AVE) ou o média distância. O primeiro demora 38 minutos e os outros levam um pouco mais de 1 hora. O valor da passagem de ida é a partir de 13 euros. Ida e volta no trem bala custa uns 34 euros. Ao chegar na estação de trem de Girona é só seguir as placas com indicações para o centro da cidade. É bem fácil de chegar no centro histórico. Você pode comprar os bilhetes de trem na hora mesmo ou pelo site da Renfe. Atenção: o site da Renfe só vende passagens com 60 dias de antecedência.

Onde pegar informações e mapas?

Na Rambla de la Llibertat tem uma oficina de turismo. Ali mesmo você pode pegar o mapa da cidade e todas as informações sobre os pontos turísticos. A oficina de turismo de Girona oferece uma visita guiada pela cidade, em espanhol, às 10:15. Único horário oferecido e só de março a outubro.

Roteiro de 1 dia em Girona:

Girona tem mais de 2.000 anos de história. Como muitas cidades europeias, por sua geográfica passaram romanos, muçulmanos e cristãos. Sem muitos restos romanos para ver, o grande atrativo da cidade são as ruas, muralha e igrejas medievais.

Logo que você chegar no centro histórico já vai dar de cara com o rio Onyar e as lindas casas coloridas que dão para o Rio. Pare na ponte de pedra para fazer uma foto.

casas_rio_onyar

GRVFE0052

Siga caminhando pela Rambla de la Llibertat, onde encontramos construções medievais e do final do século XIX. Na Rambla você encontrará muitas lojas e alguns restaurantes.

Rambla - cheia de restaurantes e lojas.

Rambla – cheia de restaurantes e lojas.

Atravesse para o outro lado do rio pela ponte de ferro Las Peixateries Velles, desenhada por Gustavo Eiffel e construída em 1827. Da ponte podemos avistar outras pontes e também a catedral de Girona e a igreja de Sant Feliu.

ponteeiffel

ponte-eiffel-girona

Continue caminhando até a praça da independência, uma homenagem aos que lutaram para expulsar Napoleão da Espanha no século XIX. A praça tem um estilo neoclássico e está cheia de bares e café. Em algumas época do ano é possível encontrar uma feria de produtos da região.

Siga o passeio até a Basílica de Sant Feliu, uma igreja Gótica com fachada Barroca. A entrada na igreja custa 7 euros e também permite entrar na Catedral.

sant-feliu-girona

Ao lado da entrada principal da igreja está a famosa Leoa de Girona. Diz a lenda que quem beijar o traseiro da leoa vai voltar a Girona. Se você não quiser peder a oportunidade de voltar, suba a escadinha e dê um beijinho no traseiro da bichinha. 😉


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

A próxima visita será os Banhos árabes. Um edifício de estilo románico, construído em 1194, que imitava os banhos muçulmanos. Eu recomendo entrar. A entrada é 2 euros e se pode visitar o vestidor, a sala fria, sala morna, sala quente e a sala do forno e da caldeira.

Banho árabe

Banhos árabes

Na frente dos banhos árabes tem uma entrada para o passeio da muralha. Um bonito passeio pelo passo de ronda da muralha medieval, com uma vista legal da cidade.

girona

Se você não entrar nos jardins que levam a muralha, pode seguir o passeio um pouco mais e ir até a igreja de Sant Pere de Galligants i Sant Nicolau construído no século XII. A igreja tem um estilo românico e atualmente é o museu de arqueologia de Girona, com peças do período romano.

igreja-girona

Volte, atravesse a porta da muralha, e se dirija a Catedral de Santa Maria, com a nave gótica larga da Europa. A igreja foi construída entre os séculos XVI e XVII e nela convivem os estilos románico, gótico e  Barroco.

Para entrar na catedral você terá que subir 90 degraus. Não se assuste, porque valerá a pena. Se você entrou na basílica de Sant Feliu já tem a entrada para a catedral. 😉

catedralgirona

Catedral

Pela lateral da catedral é possível ir até a muralha medieval e caminhar por um bom trecho dela. Para mi este é o programa mais legal para se fazer na cidade. 

muralha-girona

Junto a catedral está o bairro judeu de Girona, chamado de Call, um dos mais bem conservados da Catalunha. Passeie pelas suas ruas, se perca pela sua história.

Se quiser saber mais sobre a presença deste povo na Catalunha, visite o museu de história dos judeus que fica no antigo bairro judeu.

call_girona

rua_girona

Siga buscando mais histórias e cantinhos inspiradores pelas escadas de Sant Martí, pelo convento de Sant Domènec.

sant-marti-escalera

Escada de Sant Martí

Termine o passeio na Plaça del Vi, onde está a prefeitura de Girona e o Palau del General.

Se você tiver um tempinho e curtir cinema, eu super recomendo visita o museu do cinema de Girona. O museu reune a coleção de Tomás Mallol que é, simplemente incrível e vai do teatro das sombras até o cinema atual. As peças expostas no museu são de deixar os amantes do cinema enlouquecidos.

museu-cinema-girona

O que comer em Girona?

Girona é famosa por um doce chamado de Xuxo. É uma espécie de pão doce, recheado de creme e coberto de açúcar. É fácil de encontrar nas padarias da cidade.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

Em Girona também está o famoso sorvete dos cozinheiros irmão Rocas. A sorveteria se chama Rocambolesc e fica na Carrer de Santa Clara, 50, pertinho da ponte do Eiffel e da praça da independência.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

Festas populares:

Semana Santa: Na sexta-feira santa acontece a procissão do santo enterrado, em que se representa os últimos momentos da vida de Cristo. O desfile conta com a participação de várias confrarias religiosas e os Manaies, homens vestidos de soldados romanos da confraria de Jesus Crucificado.

manaies

Temps de Flor: este festival acontece em maio e é lindo demais. Alguns pontos da cidade são enfeitados com arranjos florais. O festival acontece durante 10 dias e nos finais de semana a cidade fica lotada de gente passeando e olhando as flores.

tempsdeflors2

tempodeflores-girona

Cidade de Cinema:

Girona já foi cenário de alguns filmes. Em 2015 a sexta temporada da série Games of Thrones foi filmada em Girona.

Veja neste post em que partes da cidade filmaram e que cenas aconteceram em Girona.

Visita guiada:

Se você quiser fazer uma visita guiada a Girona com um guia falando português, pode entrar em contato comigo.

banner para email

organizandoviagem

Encontre um hotel no Booking.com

Compre os ingressos antecipados no Ticketbar e pule a fila: Ticketbar

Contrate uma visita guiada comigo: Guia de turismo em Português

Comments
  1. Avatar9 meses ago
    • Avatar9 meses ago
  2. Avatar9 meses ago
    • Avatar9 meses ago
  3. Avatar1 ano ago
    • Avatar1 ano ago
  4. Avatar2 anos ago
    • Avatar2 anos ago
  5. Avatar2 anos ago
    • Avatar2 anos ago
  6. Avatar2 anos ago
  7. Avatar2 anos ago
  8. Avatar2 anos ago
    • Avatar2 anos ago
  9. Avatar2 anos ago
    • Avatar2 anos ago
      • Avatar2 anos ago
        • Avatar2 anos ago
        • Avatar2 anos ago
          • Avatar2 anos ago
  10. Avatar3 anos ago
    • Avatar3 anos ago
  11. Avatar3 anos ago
    • Avatar3 anos ago
      • Avatar3 anos ago
  12. Avatar4 anos ago
    • Avatar4 anos ago
  13. Avatar4 anos ago
  14. Avatar5 anos ago
    • Avatar5 anos ago
  15. Avatar5 anos ago
  16. Avatar5 anos ago
    • Avatar5 anos ago
  17. Avatar5 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *