Casa Vicens: a primeira obra de Gaudí

casavicens

A Casa Vicens foi o primeiro trabalho privado de Gaudí, depois de formado e de realizar inúmeras obras públicas como auxiliar de arquiteto. A casa foi encomendada pelo seu amigo Manuel Vicens i Muntaner, corretor de bolsa e câmbio.

A princípio era uma casa pequena e de veraneio, localizada na antiga Vila de Gràcia. Anos depois, a casa foi vendia a um médico barcelonês e passou a ser uma residência fixa. Nos anos 1920, os proprietários solicitaram a Gaudí que ampliasse a casa. O arquiteto não o fez, porém indicou um pupilo para realizar o serviço. Sendo assim, a parte norte é uma ampliação a posteriori.

A casa chama atenção pelo colorido dos seus azulejos e pelas formas árabes, lembrando as casas do Marrocos. Alguns dos azulejos tem impressos cravos amarelos, flor que Gaudí encontrou no terreno quando foi tirar as medidas.

flores

cravos-gaudi

A cerca de proteção da casa é outro elemento decorativo que chama a atenção do visitante. Segundo contam, o terreno tinha uma palmeira de palmito, cujas folhas inspiraram o desenho da cerca de ferro forjado.

entrada-casa-vicens

organizandoviagem

Reserve um hotel em Barcelona através do Booking.

Reserve um tour guiado pelas obras de Gaudí.

Compre entradas antecipadas e fure a fila.

O interior está decorado com elementos da natureza: flores, folhas e animais. Gaudí vai usar os elementos da natureza como decoração não só nesta casa como em todas as suas obras.

A sala principal tem o teto decorado com ramos de oliveiras, as laterais das portas com pássaros, as paredes com vinhas e as sacadas com palmeiras e cravos.

teto-palmera-vicens

Não posso deixar que ressaltar a beleza dos móveis da sala principal. Estes foram feitos sob medida e estão decorados com 34 pinturas que representam paisagens marinhas, interiores domésticos e cenas cotidianas, realizadas por Francesc Torrescassana i Sallarés.

salao-casa-vicens

Outra parte encantadora da casa é a sala de fumadores. Um lugar aconchegante e ricamente decorado com papel machê, que recria um ambiente de mil e um noites.

Teto da sala de fumadores.

Teto da sala de fumadores.

As paredes dos quartos possuem esgrafiados impressionantes, sendo o meu preferido o que representa a flor de maracujá.

esgrafiados-casavicens

flor-maracuja-gaudi

A Casa Vicens foi comprada e restaurada pelo MoraBanc e está aberta a visitação desde novembro de 2017. É Patrimonio da Unesco, depois de 130 anos como residência, se tornou um espaço cultural e arquitetônico a ser visitado.

casavicens2

Minha opinião sincera: A casa é muito bonita, a decoração é rica e impressionate. Vale muito pelo valor histórico e por ser a primeira obra de Gaudí. Recomendo a arquitetos e apaixonados pela obra do Gaudí.

A visita é rápida. Não tem audio-guia e a casa oferece uma visita guiada por um suplemento de 3€. Achei que vale a pena a visita guiada. No entanto, eu acho o preço bem excesivo para o que se oferece.

Endereço:

Calle les Carolines, nº 24

Preço:

Geral: 16€

Estudantes até 25 anos e maiores de 65 anos: 14€

Crianças até 7 anos: gratuito

Como chegar:

Metro L3: Fontana ou Lesseps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *