Carnaval e Calçots

Quarta-feria de cinzas e fim do carnaval! Por aqui ninguém viu passar, quanto mais terminar. Em Barcelona, carnaval parece brincadeira de criança. Nas escolas, organizam desfiles pelas ruas, com crianças disfarçadas, e festinhas. Quem quer carnaval tem que ir a Sitges, uma praia a, mais ou menos, 30 minutos da capital catalã e com fama de praia Gay. Lá é possível encontrar gente fantasiada pelas ruas, grupos com a mesma fantasia, e até um desfile com alas e blocos. Mas, não espere encontrar marchinha, samba, frevo ou coisa parecida. A música que rola por lá é de discoteca mesmo.

Para mim e um grupo de amigos brasileiros o que teve foi uma Carnaçoltada no sábado, na casa de um amigo, regada a vinho, música brasileira, animação carnavalesca e Calçots.
Calçotssão uma espécie de cebola, típica do Camp de Tarragona, uma região perto da costa Catalana, de 15 a 25 cm de cumprimento, na parte branca. O consumo desta iguaria começa no final do inverno e princípios da primavera europeia em uma Calçotada. Os Calçots são feitos no fogo a lenha, queimando a parte de fora. Quando estão queimadinhos, se retira do fogo, enrola no jornal e ali terminam de se cozinhar. 
Além dos Calçots serem uma delícia, come-los é uma verdadeira diversão. Tem que comer com as mãos, pelando a casca negra, queimada pelo fogo, e molhando a parte branca em um molho chamado Romesco. O molho, de cor avermelhada, é feito com frutos secos, pão torrado, azeite de oliva e outras cositas mais. As mãos e a boca ficam sujas, pois tem que comer os Calçots como faziam os romanos com as uvas, braço no alto, acima da cabeça, e Calçot intero para dentro! É bom saber que só se come a parte branca e nada de cortar com garfo e faca. Os restaurantes oferecem luvas e babador para a comilança, mas não acho isto tão divertido. 
calçotada
 Nesta foto vemos como ficam os Calçots assados, as mãos e também
 o molho de Romesco (meio laranja), no pote a esquerda, 
e o molho de tomate (vermelho) que vai no pão torrado,
no pote a direita
Em uma Calçotada, além dos Calçots, tem churrasco de Butifarra, uma linguiça catalã feita de porco, carne e torradas de pão de pagés (camponês em catalão) com tomate e aceite. Você já sabe, quando estiver na Catalunha, se não for época de Calçot, vai poder se deliciar com Butifarra e pão com tomate.
Para quem está afim de se aventurar na gastronomia catalã, e está por aqui, fica a dica da Calçotada Popular do Poble Espanyol, para 1000 pessoas, sábado, dia 25 de fevereiro. Além de comer Calçots, você pode passear pelo lugar, que tem a reprodução de casas típicas de diversas cidades da Espanha.   
Comments
  1. Avatar7 anos ago
  2. Avatar8 anos ago
    • Avatar8 anos ago
  3. Avatar8 anos ago
  4. Avatar8 anos ago
  5. Avatar8 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *