Bairro do Call: Seguindo as pegadas dos judeus

Os bairros antigos das cidades europeias transportam os visitantes a diferentes épocas históricas. Passeando por suas ruas podemos encontrar vestígios de diferentes civilizações, raças e culturas. Barcelona não é diferente. Algumas ruas do bairro Gótico revelam histórias da comunidade judia de Barcelona. Um passado escrito em pedras perdido entre edifícios medievais.

Rua Fruita

Rua Fruita

Te convido a entrar comigo no Bairro Judeu de Barcelona, El Call, onde a voz dos judeus não se cala e a tragedia marca a história. O bairro compreende as ruas: Sant Sever, Sant Honorat, Sant Domènec del call, Arc de Sant Ramon del call, Marlet e Banys nous. Os documentos medievais registram a presença de judeus em Barcelona desde o ano 850. A menção de um bairro judeu na cidade se remete ao século XI. A comunidade judia pertencia ao rei e a organização interna aos próprios judeus. Barcelona chegou a ter dois bairros judeus: o call grande e o call pequeno.

santdomenecdelcall

call_Barcelona

A Sant Domènec del Call era conhecida como a rua da sinagoga e do açougue. O atual nome da rua é uma referência ao ataque dos católicos ao bairro em 1391, dia de Santo Domingo. Neste ataque morrem mais de 300 judeus e os que sobreviveram imigraram para Portugal, norte da África e Turquia.

A esquina entre as ruas Sant Domènec del Call, Fruita e Marlet é uma das mais bonita do antigo bairro judeu. Um ponto para apreciar a arquitetura do lugar e olhar como as casa foram se transformando ao longo dos tempos.

esquina

Na rua Marlet está a entrada de uma das sinagogas mais antigas da Europa. As escadas que levam ao interior desta sinagoga transportam os visitantes ao passado medieval e ao coração da comunidade judia. Cercados por paredes de pedra, com mais de sete séculos de existencia, a história desde povo é contato pelos guardiões da memória judia. No final desta rua, na fachada de um edifício do século XIX, está a réplica de uma placa em homenagem ao rabino da antiga comunidade.

Entrada Sinagoga

Entrada Sinagoga

 

A placa original está no museu de história da cidade.

A placa original está no museu de história da cidade.

Caminhando pela rua Sant Domènec del Call se chega a placeta de Manuel Ribé. Aqui o visitante encontrará o Museu Centro do Call. Um lugar onde se pode saber mais sobre a vida dos judeus em Barcelona. Aqui os judeus ganham vida através dos objetos expostos. São vasilhas, pratos e outros objetos de cerâmica usados pela comunidade ao longo da vida. Uma lápide, com inscrições em hebraicas, rememoram os rituais de morte deste poco. A mesma foi retirada do Montjuïc, lugar onde os judeus, por mais de 600 anos, tinham o cemitério. O Montjuïc significa Montanha dos Judeus. Quando o cemitério foi abandonado, lá pelo ano de 1492, algumas lápides foram usadas como pedras na construção de edifícios do bairro Gótico.

placeta_manuel_ribe

Chegando a este ponto o passeio pelo bairro judeu termina. A pracinha convida o visitante a sentar-se e apreciar o entorno. O cheiro de chá, que emana de uma casa de chá, invade as narinas estimulam os sentidos. É hora de relaxar enquanto o peso da história se desvanece em uma taça de chá esfumaçante e aconchegante.

Quer conhecer o bairro Gótico comigo?

banner para email

organizandoviagem

Encontre um hotel no Booking.com

Compre os ingressos antecipados no Ticketbar e pule a fila: Ticketbar

Comments
  1. Avatar4 anos ago
    • Avatar4 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *