Aqui também é preciso cuidado!

Os brasileiros das grandes cidades estão acostumados com assaltos a mão armada, sequestros e outros tipos de violência. Eu mesma, quando morei no Rio, fui assaltada a mão armada. O problema é que quando chegamos na Europa relaxamos. Achamos que aqui não rola assaltos e que por sermos brasileiros e estarmos acostumados com a violência não vai acontecer nada. Este é um erro bem comum, pois, realmente, assalto a mão armada na Europa não acontece, ou pelo menos, é difícil. O que vai rolar é roubo. E isto, meu amigo, já não estamos mais acostumados. É muito importante ficar atendo aos nossos pertences durante a viagem, nem a mala se pode deixar de lado.  Os famosos mãos leves estão por todos os lados: dentro dos metros, das lojas, dos pontos turísticos e de hotéis. Isto mesmo: nos pontos turísticos e nos hotéis.

Formas de roubo:

Foto Jornal El Periodico

Foto Jornal El Periodico

Tática do casaco:

Esta tática é usada em todos os lugares e principalmente no metro. Os ladrões usam um casado no braço para esconder a mão que abre as bolsas e mochilas dos turistas. Portanto, nada de ficar com a bolsa para atrás ou a mochila nas costas quando estiver no metro ou em lugares muito cheios.

Tática do leque ou do mapa:

Muitos ladrões atuam como turistas e andam com um mapa ou um leque. Estes dois objetos funcionam como o casaco, tapam a mão que abre as bolsas e mochilas.

Tática do empurrão:

Tática muito usada no metro e pela rua. O sujeito te dá um empurrão e mete a mão no teu bolso e leva a carteira e o celular.

A flor e a assinatura:

Tem uma mulheres que ficam pelos pontos turísticos oferecendo de forma “gratuita” flores ou pedindo para as pessoas assinarem um abaixo assinado. Quando a pessoa pega a flor ou assina o abaixo assinado a confusão começa. Elas cercam a pessoa e começam a pedir dinheiro, desta forma não tem como sair sem pagar. Também é o momento perfeito para meter a mão no bolso. Eu já as mulheres das flores no Arc del Triunfo e as das assinaturas na Sagrada Família.

Celular na mesa:

Nem pense em deixar o celular na mesa do bar ou restaurante. Sempre vem um sujeito te oferecendo algo para comprar ou te entregando um flyer. Nesta hora eles levam o celular. Como fazem? colocam o papel com uma mão em cima do celular e com a outra levam o objeto, enquanto você está dizendo que não quer.

Bolsa na cadeira:

Quem mora em Barcelona já sabe: bolsa pendurada na cadeira do bar ou restaurante nem pensar. Os ladrões entram no bar, dão uma volta, e leva a bolsa sem ninguém ver.

Mala:

Não deixa a mala de bobeira nem em aeroportos, nem em estações de metro e trem e muito menos no hotel. Infelizmente, os ladrões estão entrando nas recepções dos hotéis e estão levando as malas.

Gente, este post é só para alertar vocês sobre a situação aqui. Isto acontece em todas as cidades do mundo e, principalmente, nos lugares mais turísticos. É normal que os ladrões atuem mais em alta temporada e em cidades mais turísticas, porque os turistas são mais distraídos que os moradores. Eu vivo em Barcelona, há quase 6 anos, e já tentaram me roubar várias vezes no metro. Por sorte sempre percebi quando o sujeito estava tentando abrir a minha bolsa e nunca me levaram nada. Agora sempre estou atenta a minha bolsa e a todos os meus pertences. No metro você vai escutar constantemente o aviso para cuidar dos teus pertences e também sobre a presença dos carteristas. Se você ficar ligado a viagem vai ser ótima e nada vai acontecer. Tente não andar com muito dinheiro e divida o dinheiro em diferentes lugares da bolsa ou da mochila. Não use a carteira no bolso.

 

Dos-Guardia-Urbana-Barcelona-ACN_ARAIMA20110803_0077_20

Foto jornal Ara.cat

 Este são os lugares onde deve ir caso seja roubado:
Guàrdia Urbana:
Mossos:
Consulado do Brasil em Barcelona:
Avenida Diagonal, 483, 2.
Comments
  1. 9 anos ago
  2. 9 anos ago
  3. 10 anos ago
  4. 10 anos ago
  5. 10 anos ago
  6. 10 anos ago
  7. 10 anos ago

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *