4 cavas para fazer enoturismo

O Penedés é uma das regiões produtoras de vinho da Catalunha. O produto mais apreciado desta região, e talvez o mais conhecido mundialmente, é o Cava, um vinho espumante. San Sadurni d`Anoia é a cidade que reune o maior número de vinícolas produtoras de cava. Se pode dizer que cidade é, praticamente, um queijo suíço povoada por grutas onde o cava descansa.

vinha

Um dos cavas mais famoso desta cidade é o Freixenet, vendido no Brasil. O segundo mais famoso é a Anna Cordoniu, também vendido no Brasil. Estas duas cavas são as maiores da região e também as que tem a produção mais industrial. Os cavas produzidos por Anna Cordoniu e Freixenet são bons, mas nada comparados aos cavas produzidos em pequenas vinícolas do Penedés.

As 4 vinícolas que recomendo neste post mantém uma produção artesanal, feita em pequena escala e familiar. São bodegas cujo o amor pelo vinho começou com os avos ou tataravós e hoje são mantidas pelos netos, bisnetos e filhos. O cava produzido por elas reflete o respeito a terra e a cultura do Penedés. Uma preocupação que se sente em cada gole. Enquanto na Freixenet a visita é impessoal e mecanizada, nas outras a visita é aconchegante e pessoal. Elas também oferecem degustações e visitas aos vinhedos que são verdadeiras experiências enoturísticas.

A vantagem do cava em relação a outros espumantes europeus é que são Brut Nature. O Brut Nature é um vinho espumante, sem adição de açúcar, fermentado apenas com o açúcar da uva. Porque outro vinhos espumantes europeus não conseguem produzir Brut Nature? Porque o solo, o clima e a temperatura mediterrânea da Catalunha permitem que a uva tenha uma doçura que não se consegue nas uvas francesas e italianas.

Recaredo

Uma cava que nasceu em 1924 pelas mão de Josep Mata Capellades. Josep trabalhava como mestre de degüelle e elaborar profissional de cava. Enquanto trabalhava para outra vinícola começou a cavar, em baixo da sua casa, no centro de Sant Sadorni d`Anoia, a sua bodega. Um lugar para produzir o seu próprio cava.

Foto do site

Foto do site

As uvas da cava Recaredo crescem em um vinhedo de 50 hectares, familiar e situado na ladeira do rio Bitlles. São vinhedos biodinâmicos, alimentados com compostos vegetais, animais e minerais ministrados conforme as fases da lua, os ciclos da natureza e a conjunção dos astros. Os pesticidas são naturais, evitando assim o uso de produtos químicos, oferecendo um produto 100% ecológico.

Foto do site

Foto do site

A Cava Recaredo produz cavas brut nature, de longa criança (mínimo 30 meses) e com uvas Xarel.lo, Parellada e Macabeo, uvas da região. A colheita da uva é manual e as garrafas descansam na cava do centro de Sant Sadorní d`Anoia. O processo de fermentação é feito manualmente. E o degüelle também. O degüelle é o momento quando os resíduos que ficam na boca da garrafa são retirados. É um processo que exige precisão e muita prática. Eu vi como eles faziam e fiquei muito impressionada. Os mestres de degüelle são como artesãos, com mão precisas e rápidas. Pois é preciso tirar a rolha rápida, retirando o resíduo sem perder muito cava.

Foto do site

Foto do site

A visita a Cava Recaredo nos leva a conhecer o processo de fabricação do cava, mas também a conhecer a história desta bebida borbulhante e também da família produtora. É possível realizar uma visita a bodega do centro e também aos vinhedos. Eu fiz só a visita a bodega do centro e amei, pois o lugar é muito intimista e o contato com as garrafas e os trabalhadores muito próximo. A visita termina com degustação de vinhos e cavas.

Recaredo Mata Casanovas S.A.
C. Tamarit, 10
Sant Sadurní d’Anoia, Barcelona
T. +34 93 8910214 

www. recaredo.com

Gramona

A História de Gramona começa em 1881 com Pau Batlle, quem deu inicio a bodega chamada então Celler Batlle. O nome Gramona veio do casamento da filha de Pau com Bartolomé Gramona. Em 1951, a casa Gramona produziu um cava de longa criança de grande qualidade e a partir de então não parou mais de vender excelentes cavas.

Atualmente os vinhedos desta vinícola estão localizados no Alt Penedés, protegidos pela montanha de Montserrat. São vinhedos de cultivo biodinâmico e ecológico, plantados em 100 hectares. Como os vinhedos de Recaredo, os de Gramona gozam de um clima mediterrâneo com verões quentes e secos e invernos amenos. As uvas utilizadas para produzir cava e vinho são Xarel.lo, Parellada, Macabeo, Pinot Noir e chardonnay. Estas duas últimas usadas nos cavas rosados.

cava_gramona

A visita a cava Gramona conta com três opção: uma visita a bodega histórica, que fica no centro de Sant Sadorniu d`Anoia, uma visita aos vinhedos e uma visita que combina bodega histórica e vinhedos. Na cava histórica passeamos pelas instalações, conhecemos o processo de fabricação do cava e vemos o processo de etiquetado e embalagem manual do produto. A visita termina com degustação de vinhos e cavas.

gramona

Sabe o que é ótimo? Se você gostar dos cavas e vinhos da Gramona pode compra-los na sua visita, nos supermercados em Barcelona e também em lojas especializadas no Brasil. Sim! Tem Gramona para vender no Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

C. Indústria 36

Teléfono: 93 891 01 13

Web: www.gramona.com

Castell d`Age

A história da vinícola Castell d`Age é a história de três gerações de mulheres: avó, mãe e filha. Em 1960, a dona Aurélia começou a plantar uvas nas terras da família para vender aos produtores de vinho do Alt Penedés. Anne Marie Comtesse, de origem suíza, e nora de Aurélia, decidiu fundar a vinícola e produzir vinhos e cavas com as uvas plantas nas terras da família. Atualmente, Olivia, a neta, é quem leva a vinícola Castell d`Age dando continuidade ao sonhos de duas gerações.

Alex e Olivia - a neta de dona Aurélia.

Alex e Olivia – a neta de dona Aurélia.

vinhedo_castelldage

Castell d`Age foi a primeira vinícola a ter vinhedos Biodinámicos do Alt Penedés. Seus vinhedos estão divididos em 6 propriedades com alturas de terreno, orientação geográfica, vento e microclima diferentes. Em cada uma delas tem um tipo de uva diferente, apropriada as caraterísticas da propriedade. Isto é feito para potencializar as qualidades de cada uva, estimulando uma melhor produção. A vendimia é feita manualmente e boa parte do processo de produção do cavas também.

cava_casteldage

Castell d’Age oferece uma visita aos vinhedos, com uma interessante explicação sobre o cultivo biodinâmico e ecológico. A visita termina com uma deliciosa degustação de vinhos e cavas acompanhada de queijos da região. A visita é muito interessante e a explicação sobre os vinhedos e a produção do cava também. Eu super recomendo a compra dos produtos na loja que eles em uma das propriedades. Os cavas de Castell d`Age você não vai achar no Brasil e também não é fácil de encontrá-los em Barcelona.

Carretera de Martorell a Capellades, 6-8
La Beguda Baixa – Barcelona

Teléfono: 93 772 51 81

Email: info@castelldage.com

Web: www.castelldage.com

Castelo de Pedregosa

Castelo de Pedregosa é uma cava família fundada em 1993. Os donos são o casal Mari Carmen Castelo e Bartolomé Pedregosa. A junção dos dois sobrenomes é o nome da vinícola: Castelo Pedregosa. A produção começou bastante artesanal, feita na parte de baixo da casa do casal, no chamado Celleret de la Carmeta. Hoje o lugar é um ponto de encontro para clientes e amigos que além de comprar, se reúnem para tomar um bom cava na companhia do casal.

celler_mari_carmen

Como muitos produtores do Penedés, o casal também produz cava com as uvas da região Xarel.lo, Parellada e Macabeo. Durante muito tempo compravam as uvas de produtores da região. Desde 2013 levaram a produção para Sant Sadorní d`Anoia, coração da dominação de origem do cava, onde também possuem vinhedos. Ali produzem vinhos e cavas seguindo a tendência ecológica. Atualmente a vinícola produz mais de 30 tipos de produtos.

castelopedregosa

Mari Carmen é um pessoa que preza pela proximidade entre o consumidor e seu produto. Por isto, sua casa está sempre aberta aqueles que queiram comprar seus produtos, desfrutar de uma taça de cava e de uma boa conversa. Todas as vezes que fui lá fui super bem recebida, com uma taça de cava e com uma calorosa recepção. Eles ainda não realizam visitas aos vinhedos, mas se você estiver de carro pela região deveria passar para dar um oi a Mari Carmen. Aproveite também para comprar o pão de cava. Uma delícia da culinária do Penedés.

pan_cava

Vinhedos Castelo de Pedregosa
C/ Holanda, 16,
Sant Sadurní d’Anoia
Teléfono: +34 93 818 4146
Email: info@castelodepedregosa.com

Site: www.castelopedregosa.com

Celleret de la Carmeta

C/ Gaudí, 10

Piera

Para chegar a Sant Sadorní d´Anoia é só pegar o trem na Estação de Sants. A Parada de trem é Sant Sadorní d´Anoia. Da estação é possível caminhar até o centro da cidade e ir as cavas Gramona e Recaredo a pé. Para ir a Castell d´Age você vai precisar de um carro.

Neste vídeo você vai conhecer um pouco mais sobre o Penedés e sua gastronômica:

Comments
  1. Avatar2 anos ago
    • Avatar2 anos ago
  2. Avatar5 anos ago
    • Avatar5 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *