10 hábitos que te fazem um (a) barcelonês (a)!

Quando a gente muda para uma cidade precisa de um tempo para se adaptar a ela, para fazer parte. É preciso um tempo para entender o dia a dia, para conhecer as ruas. É preciso observar os moradores e ver como eles se relacionam com a cidade. É necessário ver como a cidade se desperta, ganha ritmo e se acalma quando a noite cai.

Com o passar dos meses vamos descobrindo os perigos, as nuances, os segredos da cidade e ela vai se desnudando diante dos nossos olhos. O que antes era incerto, nebuloso fica claro e comum. Desta forma, vamos nos integrando na vida cotidiana e vamos adquirindo hábitos novos, reciclando os velhos e abandonando aqueles que não combinam com a forma de ser da nova cidade.

Eu lembro dos meus primeiros meses e anos aqui. Estranhava a forma de ser das pessoas, me perdia pelas ruas, não entendia o catalão. Então, eu comprei um mapa da cidade, entrei para o curso de catalão e passeia observar os hábitos dos barceloneses. Hoje eu me sinto parte da cidade e, depois de 6 anos, tenho hábitos que me fazem uma barcelonesa. Pelo menos eu já me sinto uma local e já não perco nas ruas! Vem comigo ver quais são as 10 coisa que me fazem uma pessoa daqui!

1. Evitar Las Ramblas:

Como todo bom barcelonês evito passar pelas Ramblas. Reclamo, como todo mundo que lá é sempre cheio, que não dá para passar, que tudo é caro. Só que quando chega o natal me esqueço de tudo isto e como os barceloneses vou até as Ramblas para ver as luzes de natal.

rambla_santamonica

2. Usar meios de transportes alternativos:

Bicicleta, skate, patins, patinete tudo isto se transformou nos últimos anos em meio de transporte. Eu, por exemplo, uso a bicicleta e vou com ela para todos os lugares. Tem gente que prefere o Bicing, a bicicleta alugada, por pode pegar e deixar onde quiser. Outros, como eu, acham que liberdade é ter sua própria magrela. Tudo é uma questão de gosto. O fato é que em Barcelona “o que tem rodinhas” tá valendo como meio de transporte.

bicicletas

3. Sair de tapas:

Marcar com alguém para comer umas tapas e tomar algo é um hábito que já tenho super internalizado. Se você não sabe o que comer e onde ir é só marcar umas tapas e tudo está resolvido. As tapas são práticas, baratas e foram feitas para compartir entre amigos. Puro amor!

tapas

4. bandeiras e independência:

Quando você está aqui a mais tempo já sabe que a Catalunha tem uma bandeira oficial e uma bandeira independentista. Também já sabe os motivos pelo qual a Catalunha quer a independência. E sem  ser um independentista, mas já entende por onde vai a política catalã e já pode opinar sobre o futuro.

Bandeira independentista

Bandeira independentista

5. Curtir uma “terrazita”:

Não tem nada mais espanhol, mais barcelonês que sentar nas mesas dos bares que ficam nas ruas durante o outono e a primavera. O solzinho agradável destas duas estações fazem com que todo mundo deseje estar de cara ao sol como na foto.

terrazas

6. Falar Catalão:

Quem mora a alguns anos em Barcelona ou mesmo os recém-chegados já fizeram alguma aula de catalão. Eu fiz até o elemental 3 e já posso me comunicar no dia a dia. Não falo perfeito e estou longe de manter uma conversa cabeça, mas posso me virar.

Sobre o falar o catalão, veja o vídeo

7. Falar Adéu:

Adéu! É uma palavra que realmente mostra o quanto você está integrado. Adéu significa tchau em catalão. E todo mundo acaba incorporar está palavra no seu vocabulário. Até quem não fala nada em catalão, acaba se despedindo com um adéu. Ah, e se você usa adéu-siu então já é, praticamente, um nativo.

8. Comer Pa amb tomaquet no café da manhã:

Nossa, eu sou super barcelonesa! O pa amb tomaquet já faz parte do meu café da manhã e eu amo muito.

paambtomaquet

9. Orientação:

Saber se orientar em Barcelona quando alguém te diz lado montanha ou lado mar é um carimbo na testa de que você um local. Barcelona é uma cidade limitada pelo mar e pela montanha e as pessoas se orientam muito a partir destas duas referências. Elas podem te dizer :segue está rua que desce ou aquela que sobe ou podem dizer isto fica do lado montanha ou do lado mar. E se você souber seguir esta informação já é um local, com certeza.

10. Andar pelo Gótico sem se perder:

Para mim este é o máximo indicativo que já sou uma super local da cidade. O bairro Gótico, como você pode imaginar, é cheio de ruazinhas estreitas, que se cortam e que se parecem muito. É muito fácil se perder por ele nos primeiros tempos na cidade. Quando eu vim morar aqui me perdia muito e tive que comprar um bom mapa para poder me orientar por este bairro. Hoje eu conheço o bairro Gótico como a palma da minha, me oriento perfeitamente lá e se fecho os olhos vejo onde estão as ruas. É o bairro da cidade que eu mais amo, pela história e porque é o meu lugar de trabalho! Eu trabalho de guia de turismo e gosto de dizer que o Gótico é o meu escritório!

gotico_bcn

Gostou do post? Você que mora aqui e leu este post já adquiriu algum destes hábitos?

Comments
  1. Avatar4 anos ago
  2. Avatar5 anos ago
    • Avatar5 anos ago
  3. Avatar5 anos ago
  4. Avatar5 anos ago
    • Avatar5 anos ago
  5. Avatar5 anos ago
  6. Avatar5 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *