Palau Güell: uma visita imperdível!

palau-guell

 

Todo mundo que vem para Barcelona vai obrigatoriamente ao Parc Güell. Realmente, o parque é muito bonito e a criatividade de Gaudí se revela a cada passo. Mas, existe um outro lugar, que pertenceu a família Güell, que também merece uma visita, é o Palau Güell.
Gaudí reformou o Palau Güell entre os anos de 1885 e 1890, sendo uma ampliação da casa que o sr. Güell tinha nas Ramblas. O palau é o único exemplo de arquitetura doméstica que Gaudí completou e que não sofreu modificações essenciais posteriormente. Ele também foi a residência dos Güell até princípios do século XX, quando a família se mudou para o Parc Güell.
O Palau Güell é uma verdadeira preciosidade, onde vemos soluções de construção e de decoração empreendidas por Gaudí para fazer da casa um lugar cômodo para a família formada pelo Sr. Esébio Güell, dona Isabel e seus 10 filhos.

A visita começa pela cocheira, depois vamos para o estábulo e subimos para os aposentos da família, até chegar na parte onde ficava a cozinha e o terraço. A sala de jantar impressiona pelo mobiliário e a sala de música pelas janelas com persianas com um sistema de abre e fecha inventado por Gaudí. 
Depois passamos pela sala de recepção, que também tem a capela, com um espaço para músicos e um órgão. Neste lugar você tem que olhar para cima, pois tem um sistema de entrada de luz incrível. Todos os aposentos tem lareira para aquecer a casa durante o inverno e a decoração interna tem muito ferro fundido, elemento que Gaudí gostava de trabalhar.

Dentro da casa é possível encontrar elementos da natureza, uso de madeira nobre, e também referências ao catalanismo, movimento pela autonomia da Catalunha, do qual o sr. Güell era partidário. Lá dentro a gente tem ideia de como o sr. Güell era rico. Segundo o documentário, que passa em uma das salas, em seu tempo, ele era um dos 25 homens mais ricos do mundo.

O terraço da casa é outro espetáculo para os olhos, nele estão as saídas de chaminés trabalhadas com mosaico. As chaminés que estão na beira da rua foram reformadas segundo uma interpretação do que teria feito Gaudí, pois estavam muito deterioradas quando a Diputació de Barcelona fez a reforma. As outras, que ainda conservavam o mosaico, foram reformadas seguindo os padrões encontrados. Vale muito a pena conhecer este lugar. Eu fiquei impressionada, pois não sabia que era tão bonito.
O Palau Güell fica na rua Nou de la Rambla, parada de metro Liceu ou Drassanes, L3.  O preço é 12 euros e inclui áudioguia. Horário de terça a domingo. De 1 de abril a 31 de outubro das 10 às 20h. De 1 de novembro a 31 de março das 10h às 17:30h. Durante o inverno é gratuito no primeiro domingo do mês. Durante o verão é gratuito todos os domingos de 17h às 20h. Gratuito nos dia 23 de abril, 18 de maio e 24 de setembro.
Site para consulta: www.palauguell.cat
Comments
  1. 6 anos ago
  2. 6 anos ago
  3. 6 anos ago
  4. 6 anos ago
  5. 6 anos ago
  6. 6 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies