O melhor chocolate quente de Barcelona!

Você já deve saber que aqui na Espanha é tradição tomar chocolate quente derretido na taça, né?

chocolatequente

Esta tradição começou quando o cacau foi descoberto na América e trazido à Europa pelos espanhóis. Aqui, a bebida exótica e amarga, se tornou bem popular entre os nobres e os ricos, sendo tomada em ocasiones especiais e eventos sociais.

Ainda hoje é comum ver chocolatadas para celebrar grandes eventos, reuniões sociais ou para arrecadar dinheiro. Algo tipo o nosso churrasco. Nos domingos, principalmente de inverno, tomar um chocolate quente é um programa bem familiar.

Outra coisa interessante é que o chocolate, quente e derretido, era a única bebida, junto a água, permitida pela igreja católica durante os períodos de jejum. Por ser líquido não infringia o jejum e ainda dava energia

Na Catalunha, o chocolate quente pode ser acompanhado de churros, melindros ou pão. Existem muitos lugares para degustar esta iguaria e o meu preferido está no Café Faborit, no Passeiog de Gracias.

No Faborit o chocolate quente é feito com barras de chocolate Simón Coll, uma fábrica de chocolate, de 1840, e que até hoje produz um dos melhores chocolates do mundo. A Simón Coll fica em Sant Sandurni d`Anoia e usa cacau de Gana, Venezuela e do Equador. Eu já escrevi sobre eles, entra aqui para ler.

O chocolate quente servido no Faborit pode ser em duas versões: com nata e sem. Com nata recebe o nome de Suíço e custa um pouco mais do que a versão sem. Os dois são servidos com pãezinhos torrados para molhar no chocolate.

Por que este é o melhor chocolate da cidade? Porque não é muito doce e nem tão amargo. Tem o ponto perfeito de sabor e a textura suave, sendo bem denso

chocolatequentefaborit chocolatecomnata

Chocolate com churros é uma delícia, mas com os pães torrados também fica bem gostoso. Quer saber onde tomar chocolate com churros? Entra aqui.

Além do acompanhamento do pão, este chocolate é servido em um recipiente diferente uma espécie de xícara/bandeja conhecida como mancerina. Ela foi inventada pelo vice-rei do Peru Marquês de Mancera em 1640. Segundo a história que me contaram, o marquês sofria de mal de parkinson e com este objeto o chocolate não cairia quando ele tremesse a mão. Não sei se realmente  é verdade esta história.

O Café Faborit está dentro da casa modernista Amatller, cujo o dono era um tradicional chocolateiro. Ou seja, não poderia estar em lugar melhor. O café está na antiga cozinha da casa e tem uma decoração bem bonita, além de banheiro e internet grátis.

 Café Fabori: Passeig de Gràcia, 41

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies