Girona: o que fazer e o que ver!

casas-rio-onyar

Girona é uma daquelas cidades que a gente gostaria de ver quando vem à Europa. Uma cidade medieval, com ruas estreitas, muralha e igrejas gótica. Para melhorar a coisa, Girona também tem um ar de Florença, fazendo com que a gente viva um pouco da Itália na Espanha.

A poucos kilometros de Barcelona e de acesso fácil, é perfeita para um bate e volta partindo de Barcelona. Em um dia é possível ver todos os encantos de Girona.

Como chegar?

Da Estação de Sants saem trens a cada hora. Você pode pegar o trem bala (AVE) ou o média distância. O primeiro demora 38 minutos e os outros levam um pouco mais de 1 hora. O valor da passagem de ida é a partir de 13 euros. Ida e volta no trem bala custa uns 34 euros. Ao chegar na estação de trem de Girona é só seguir as placas com indicações para o centro da cidade. É bem fácil de chegar no centro histórico. Você pode comprar os bilhetes de trem na hora mesmo ou pelo site da Renfe. Atenção: o site da Renfe só vende passagens com 60 dias de antecedência.

Onde pegar informações e mapas?

Na Rambla de la Llibertat tem uma oficina de turismo. Ali mesmo você pode pegar o mapa da cidade e todas as informações sobre os pontos turísticos. A oficina de turismo de Girona oferece uma visita guiada pela cidade, em espanhol, às 10:15. Único horário oferecido e só de março a outubro.

Roteiro de 1 dia em Girona:

Girona tem mais de 2.000 anos de história. Como muitas cidades europeias, por sua geográfica passaram romanos, muçulmanos e cristãos. Sem muitos restos romanos para ver, o grande atrativo da cidade são as ruas, muralha e igrejas medievais.

Logo que você chegar no centro histórico já vai dar de cara com o rio Onyar e as lindas casas coloridas que dão para o Rio. Pare na ponte de pedra para fazer uma foto.

casas_rio_onyar

GRVFE0052

Siga caminhando pela Rambla de la Llibertat, onde encontramos construções medievais e do final do século XIX. Na Rambla você encontrará muitas lojas e alguns restaurantes.

Rambla - cheia de restaurantes e lojas.

Rambla – cheia de restaurantes e lojas.

Atravesse para o outro lado do rio pela ponte de ferro Las Peixateries Velles, desenhada por Gustavo Eiffel e construída em 1827. Da ponte podemos avistar outras pontes e também a catedral de Girona e a igreja de Sant Feliu.

ponteeiffel

ponte-eiffel-girona

Continue caminhando até a praça da independência, uma homenagem aos que lutaram para expulsar Napoleão da Espanha no século XIX. A praça tem um estilo neoclássico e está cheia de bares e café. Em algumas época do ano é possível encontrar uma feria de produtos da região.

Siga o passeio até a Basílica de Sant Feliu, uma igreja Gótica com fachada Barroca. A entrada na igreja custa 7 euros e também permite entrar na Catedral.

sant-feliu-girona

Ao lado da entrada principal da igreja está a famosa Leoa de Girona. Diz a lenda que quem beijar o traseiro da leoa vai voltar a Girona. Se você não quiser peder a oportunidade de voltar, suba a escadinha e dê um beijinho no traseiro da bichinha. 😉


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

A próxima visita será os Banhos árabes. Um edifício de estilo románico, construído em 1194, que imitava os banhos muçulmanos. Eu recomendo entrar. A entrada é 2 euros e se pode visitar o vestidor, a sala fria, sala morna, sala quente e a sala do forno e da caldeira.

Banho árabe

Banhos árabes

Na frente dos banhos árabes tem uma entrada para o passeio da muralha. Um bonito passeio pelo passo de ronda da muralha medieval, com uma vista legal da cidade.

girona

Se você não entrar nos jardins que levam a muralha, pode seguir o passeio um pouco mais e ir até a igreja de Sant Pere de Galligants i Sant Nicolau construído no século XII. A igreja tem um estilo românico e atualmente é o museu de arqueologia de Girona, com peças do período romano.

igreja-girona

Volte, atravesse a porta da muralha, e se dirija a Catedral de Santa Maria, com a nave gótica larga da Europa. A igreja foi construída entre os séculos XVI e XVII e nela convivem os estilos románico, gótico e  Barroco.

Para entrar na catedral você terá que subir 90 degraus. Não se assuste, porque valerá a pena. Se você entrou na basílica de Sant Feliu já tem a entrada para a catedral. 😉

catedralgirona

Catedral

Pela lateral da catedral é possível ir até a muralha medieval e caminhar por um bom trecho dela. Para mi este é o programa mais legal para se fazer na cidade. 

muralha-girona

Junto a catedral está o bairro judeu de Girona, chamado de Call, um dos mais bem conservados da Catalunha. Passeie pelas suas ruas, se perca pela sua história.

Se quiser saber mais sobre a presença deste povo na Catalunha, visite o museu de história dos judeus que fica no antigo bairro judeu.

call_girona

rua_girona

Siga buscando mais histórias e cantinhos inspiradores pelas escadas de Sant Martí, pelo convento de Sant Domènec.

sant-marti-escalera

Escada de Sant Martí

Termine o passeio na Plaça del Vi, onde está a prefeitura de Girona e o Palau del General.

Se você tiver um tempinho e curtir cinema, eu super recomendo visita o museu do cinema de Girona. O museu reune a coleção de Tomás Mallol que é, simplemente incrível e vai do teatro das sombras até o cinema atual. As peças expostas no museu são de deixar os amantes do cinema enlouquecidos.

museu-cinema-girona

O que comer em Girona?

Girona é famosa por um doce chamado de Xuxo. É uma espécie de pão doce, recheado de creme e coberto de açúcar. É fácil de encontrar nas padarias da cidade.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

Em Girona também está o famoso sorvete dos cozinheiros irmão Rocas. A sorveteria se chama Rocambolesc e fica na Carrer de Santa Clara, 50, pertinho da ponte do Eiffel e da praça da independência.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Sol de Barcelona / Cris Rosa (@soldebarcelonablog) em

Festas populares:

Semana Santa: Na sexta-feira santa acontece a procissão do santo enterrado, em que se representa os últimos momentos da vida de Cristo. O desfile conta com a participação de várias confrarias religiosas e os Manaies, homens vestidos de soldados romanos da confraria de Jesus Crucificado.

manaies

Temps de Flor: este festival acontece em maio e é lindo demais. Alguns pontos da cidade são enfeitados com arranjos florais. O festival acontece durante 10 dias e nos finais de semana a cidade fica lotada de gente passeando e olhando as flores.

tempsdeflors2

tempodeflores-girona

Cidade de Cinema:

Girona já foi cenário de alguns filmes. Em 2015 a sexta temporada da série Games of Thrones foi filmada em Girona.

Veja neste post em que partes da cidade filmaram e que cenas aconteceram em Girona.

Visita guiada:

Se você quiser fazer uma visita guiada a Girona com um guia falando português, pode entrar em contato comigo.

banner para email

organizandoviagem

Encontre um hotel no Booking.com

Compre os ingressos antecipados no Ticketbar e pule a fila: Ticketbar

Contrate uma visita guiada comigo: Guia de turismo em Português

Comments
  1. 5 meses ago
    • 5 meses ago
  2. 10 meses ago
    • 9 meses ago
  3. 12 meses ago
  4. 1 ano ago
  5. 1 ano ago
    • 1 ano ago
  6. 1 ano ago
    • 1 ano ago
      • 1 ano ago
        • 1 ano ago
        • 1 ano ago
          • 1 ano ago
  7. 1 ano ago
    • 1 ano ago
  8. 2 anos ago
    • 2 anos ago
      • 2 anos ago
  9. 3 anos ago
    • 3 anos ago
  10. 3 anos ago
  11. 4 anos ago
    • 4 anos ago
  12. 4 anos ago
  13. 4 anos ago
    • 4 anos ago
  14. 4 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies