A montanha do Montjuïc: o que fazer!

plaza_españa

A montanha do Montjuïc agrada a todo mundo, chegando a ser um dos lugares preferidos de turistas e moradores de Barcelona. A atração pelo lugar se justifica por vários motivos: contato com a natureza, vistas lindas da cidade, lugar para praticar esporte e muita cultura. Enquanto uns sobem a montanha para ir aos museus, outros procuram os vários jardins para descansar e outros aproveitam para escalar, andar de bicicleta, correr e nadar.

Durante um longo período da história de Barcelona a montanha ficou quase abandonada. Na idade média o lugar abrigava o cemitério dos judeus e do uso desta montanha pela comunidade judia derivou o nome atual. Montjuïc significa Montanha dos Judeus. Quando os judeus foram expulsos da Espanha, em 1492, a montanha ficou abandonada e pouco uso se deu ao lugar. No alto surgiu uma torre que, por meio de bandeiras, avisava da chegada de navios no porto. No século XIX algumas pessoas se arriscavam a fazer picnics por lá. A revitalização veio em 1929 com Exposição Internacional de Barcelona, e depois em 1992 com as Olimpíadas.

Para a Exposição Internacional de Barcelona foram construídos a Praça Espanha, o Palau Nacional, hoje Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC), a fonte mágica. O estádio olímpico foi construído para um evento esportivo dos anos 30. Quando Barcelona foi aprovada como como sede das olimpíadas de 1992, a montanha sofre novas reformas e outras construções foram feitas: piscinas, estádios e pistas esportivas e outros equipamentos para os jogos.

Como visitar o Montjuïc?

A melhor forma de conhecer a montanha é de cima para baixo. Então pegue o metro, L3 ou L2, desce na estação Parellal, pegue o funicular e suba até o alto da montanha. Se forma inverno, o funicular pode estar em manutenção. Então você terá que pegar um ônibus oferecido pelo próprio metro.

O que ver no Montjuïc?

 1. Castelo do Montjuïc:
O Castelo do Montjuïc é fortificação militar construída no século XVIII. Dentro do castelo não tem nada mais para ver que a própria construção e uma vista 360º graus da cidade. A história deste castelo é um pouco pesada, passando por guerras e fuzilamentos. A entrada no Castelo custa 5 euros. Para ir do funicular até o castelo tem duas opção: teleférico e caminhando.
castelo_montjuic
2. Museu Miró:
O museu Miró foi construído e projetado pelo próprio Joan Miró. É um prédio de estilo realista e com obras bem interessantes de Miró. A entrada é 11 euros e fecha nas segundas.
fundaçao_miro
3. Museu Olímpico:
Este museu é muito legal para ir com crianças. Além de passear pela história de diferentes esportes, é uma forma de conhecer como o esporte se desenvolveu em Barcelona e relembrar a olimpíada de 1992. O museu tem uma parte interativa muito legal. Entre o museu e o estádio olímpico tem um passeio da fama com as marcas dos pés de grandes desportistas.
A seleção de vôlei do Brasil ganhou em Barcelona nas olimpíadas de 92.

A seleção de vôlei do Brasil ganhou em Barcelona nas olimpíadas de 92.

4. Estádio Olímpico:
O Estádio Olímpico tem entrada gratuita. E grande atração é o campo e a parte externa que vai até o Palau Jordi. Um lugar lindo no inverno e no verão e um ótimo lugar para ver o pôr do sol.
estadio-olimpico
palau_santjordi
Depois de visitar o estádio você começará a descer a montanha em direção a Plaza España. Procure uma escadas rolantes que te levarão ao MNAC.

 

5. MNAC:

Este museu reúne todos os tipos de arte desde o estilo românico até os estilos da metade do século XX. O museu está aberto todos os dias da semana, menos domingo, e é gratuito no primeiro domingo do mês. Nos outros dias o preço é 10 euros e o ticket vale por dois dias.

Compre a entrada para o MNAC aqui no blog!

montjuic

6. Colunas e fonte mágica:

Antes da fonte mágica tem 4 colunas de estilo neoclássico. Estas colunas representam as quatro barras da bandeira da Catalunha. Em 1928 foram retiradas de lá por ordem do ditador Primo de Rivera que acha que eram nacionalistas demais. Em 2010 elas voltaram ao lugar de onde foram retiradas.

A fonte mágica foi construída para a exposição de 1929, cujo tema era a água e a luz. Ela é conhecida pelo lindo show de luz, música e águas. Fecha aqui o post sobre a Fonte Mágica.

7. Pavilhão Van Der Rohe:

Este pavilhão fica escondidinho entre árvores e está a esquerda da fonte mágica (Museu MNAC nas costas). Foi construído como pavilhão da Alemanha e depois reconstruído nos anos 1980 por ser um representante importante da arquitetura moderna. Os amantes de arquitetura piram neste edifício. Eu também gosto muito.

pavillon_vanderroher

8. Torres Venezianas:

As torres são uma copia das torres que estão na praça de São Marcos em Veneza. Elas são só um enfeita, não se pode entrar e nem visitar. Na verdade, elas foram construídas para guardar todo o maquinário de luzes da exposição de 1929 e também funcionavam como porta de entrada da expo.

torres_venezianas

9. Praça Espanha:

No centro da praça está um monumento que representa os rios e mares da Espanha. Também está a antiga praça de touros, hoje shopping Las Arenas. Minha dica: suba no último andar do shopping para ver a vista linda da praça e da montanha.

lasarenas

 

 
 Post atualizado em julho de 2015.
organizandoviagem

Encontre um hotel no Booking.com

Contrate uma visita guiada comigo: Guia de turismo em Português

Compre aqui o guia de viagens: Roteiros básicos de Barcelona 

Compre os ingressos antecipados no Ticketbar e pule a fila: Ticketbar

Comments
  1. 12 meses ago
    • 12 meses ago
  2. 2 anos ago
    • 2 anos ago
  3. 2 anos ago
    • 2 anos ago
  4. 2 anos ago
    • 2 anos ago
  5. 4 anos ago
    • 4 anos ago
  6. 5 anos ago
    • 5 anos ago
  7. 5 anos ago
    • 5 anos ago
  8. 7 anos ago
  9. 7 anos ago
  10. 7 anos ago
    • 7 anos ago
    • 7 anos ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uso de cookies

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies